Eventos

                                 Programa narrativas radiofônicas 20/05/2016

NÚCLEO FORMATIVO IVA NA RÁDIO PARAÍBA 29!

A professora Darsoni de Oliveira Caligiorne coordenadora do projeto A Web Rádio como meio de difusão de conhecimentos didático-pedagógicos na formação de educadores desenvolveu uma atividade interdisciplinar com a professora,Janayna Alves Brejo FaE UEMG de Língua Portuguesa,que resultou na construção de um programa na Rádio Paraíba 29. As narrativas radiofônicas de parlendas foram produzidas pela turma NF4A e breve estarão no ar .

 

Depoimentos

-Achei maravilhosa a experiência,muito enriquecedora.É uma vivência diferente. Aluna Patrícia

-já conhecia um local de gravação,porém não de caixa de ovo! Aluna Mariana

-Não sabíamos da existência da rádio,é uma experiência nova.Bem enriquecedora. Aluna Larisse de Morais

-Eu Tinha colegas que tinham uma banda.Usavam o mesmo programa e me pediam auxilio para gravar.Eu sabia que existia a rádio más não sabia que era aqui na UEMG,eu não conhecia o espaço. Aluno Cláudio

-é uma experiência válida,que enriquece não só os alunos que aqui gravaram,más também para nós que aprendemos com eles. Bolsista Luísa

-acredito que foi uma experiência enriquecedora para os alunos e para a equipe do projeto, pois não foi desenvolvido só no espaço da rádio.Esse projeto foi desenvolvido de forma interdisciplinar entre as áreas de Educação e Tecnologia e a área de Língua Portuguesa e concretizada através da gravação de narrativas que possibilitou o letramento digital.  Coordenadora do projeto Darsoni de Oliveira Caligiorne

-Foi uma esperiência muito interessante.Os alunos ficaram muito entusiasmados.É uma forma de praticar o que foi trabalhado em sala de aula,e colocar a teoria em prática. Com essa iniciativa conseguimos trabalhar a linguagem oral ,que é um dos conteúdos da disciplina,de forma efetiva. Professora Janayna Alves Brejo

 

 

 

Reflexões sobre a ação do Pedagogo
Uma educação para a diversidade- 2016

A Rádio Paraíba esteve presente hoje 19/05/16 no evento da FaE- UEMG a respeito das Reflexões sobre a ação do pedagogo. A palestra que ocorreu pela manhã foi: Uma educação para a diversidade com Coordenação do Professor Doutor Adriano Toledo (FaE/UEMG) trazendo como debatedoras: Professora Doutora Aparecida Amorim (FaE/UEMG); Professora Doutora Orcione A. V. Pereira (FaE/UEMG); e Professora Doutora Patrícia G. Tondinell (FaE/UEMG) .
A palestra teve o intuito problematizar e nos levar a reflexão sobre as possibilidades de ação pedagógica para tratar da diversidade cultural na educação escolar. Foram levantadas questões importantes como: O reconhecimento das diversidades de gênero, raça, etnia, entre outras, procurando uma maneira de educar para o respeito, questionando e desconstruindo conceitos que levam a exclusão do ou da “diferente”.
O núcleo do debate era deixar inculcações como, por exemplo: que se discuta não mais se a escola deve ou não falar sobre tais temas, porque ela já fala. O que deve se pensar é como a Escola trata essa diversidade? Como ela fala? O que ela fala?
Outro ponto importante se deu quando em uma das falas dos professores foi dito (em outras palavras) que a Escola como reprodutora de identidades deveria recuperar o seu papel, sua função social na formação de sujeitos melhores(educar para a cidadania).
Destacamos também os debates feitos em torno do papel da Linguagem nesse processo de Educar para a diversidade, onde ficou claro que a linguagem tem poder tanto para a destruição quanto para a construção de uma mente aberta capaz de gerar em nós respeito para com o outro que achamos e rotulamos como diferentes de nós.
Focaram também no Currículo que reproduz as desigualdades, e na necessidade de que a Escola, a Família e os Educadores trabalhem em conjunto visando compreender a diversidade, e que ambos direcionem esse olhar mais atento para a pluralidade existente no Brasil para que não mais ignoremos, nem menosprezemos o outro que por não pensar como nós, ou agir da maneira que temos como correta, na maneira de falar, de se vestir, ou de expressar sua fé, simplesmente ignoramos sua existência ou queremos extermina-los para que possamos continuar vivendo na nossa cultura centralizada em nós mesmos. Fazemos das palavras de um dos professores nossas palavras para deixar a mensagem que fica dessa EXCELENTE palestra: essa temática deve sempre ser discutida repensada tanto na nossa prática docente, quanto nas nossas vidas fora do âmbito escolar. Devemos proporcionar momentos para que essas questões sejam sempre colocadas em pauta na Escola e na nossa permanente construção como ser humano. É necessário deixar claro para os nossos alunos que as diferenças existem e que elas nos enriquecem, mostrando a eles que ser diferente, não significa ser inferior. Somos todos iguais na diferença (temos os mesmos direitos e deveres como cidadãos).
Parabenizamos os professores e agradecemos por nos propiciarem mais um momento daqueles que ampliam nossos horizontes e nos mostram outras maneiras de enxergar e interpretar a vida de maneira geral.

Por: Jéssica Venício e Luísa Ferreira

1

REFLEXÕES SOBRE A AÇÃO DO PEDAGOGO

Na semana passada, de 19 a 21 de maio de 2014, tivemos na UEMG um evento em homenagem ao dia do pedagogo, comemorado em 20 de maio, no auditório do prédio da FaE. Foram 3 dias de palestras, debates, mesa temática e oficinas. A programação aconteceu nos três turnos do curso, sendo discutido vários temas importantes tais como: A atuação do pedagogo na EaD e sua formação inicial, Atendimento pedagógico hospitalar, A violência e a pedagogia social, A interação dos sujeitos da escola com o AVALIA-BH, Autismos uma leitura da psicanálise para a educação, Aprendendo a criar ideias, A pedagogia no museu, A educação de imigrantes em um mundo globalizado. As oficinas de blog foram sobre Web Rádio, Blog e Prezi, como utilizar essas ferramentas tecnológicas no campo da educação.

IMG_1321

Palestra com a Prof.a.Dra. Tânia Ferreira sobre Autismos: uma leitura da psicanálise para a educação

fotos rádio 008

Aluno do NF VIII A Hugo Leonardo Lima Cruz relatou sua experiência sobre a Pedagogia no Museu

A Rádio Paraíba 29 já iniciou suas atividades em cobertura de eventos!

Estivemos presentes no IV Fórum Nacional de Pedagogia, que se realizou nos dias 21, 22 e 23 de setembro no Hotel e Centro de Convenções Dayrell. A quarta edição do evento, organizada pela FaE/CBH/UEMG, foi bem representada por profissionais, estudantes e simpatizantes da área da Educação.

Vereador Arnaldo Godoy e Dijon de Moraes, reitor da UEMG

Este ano, o fórum teve como tema central a “Pedagogia: Interlocuções entre Formação, Saberes e Práticas”, e suas discussões giraram em torno do questionamento do novo currículo do curso de Pedagogia e suas implicações para o próprio curso e para o campo educacional.

A abertura do evento teve início às 19 horas da quarta-feira, dia 21, e contou com os discursos do reitor da UEMG Dijon Moraes, da diretora da FaE/CBH/UEMG e coordenadora do evento Dolores Maria Borges de Amorim, e da professora Dra. Selma Garrido Pimenta (USP), conferencista da noite.

Orquestra da ESMU/UEMG

Os segundo e terceiro dias foram marcados pelas mesas redondas, coordenadas por Samira Zaidan (UFMG) e Patrícia Maria Caetano de Araújo (UEMG), e pelos grupos de discussão, que levantaram pontos relevantes do assunto em questão para a discussão em plenária.

A Rádio Paraíba 29 entrevistou participantes de diversas instituições, dentre elas UEMG, UFMG, UFJF e UFRJ.

Renata Nunes Vasconcelos (UEMG)

A Rádio também esteve presente no 2º Diálogos sobre Educação e Tecnologia, realizado nos dias 29 e 30 de setembro nas dependências da FaE/UEMG. O evento contou com um ciclo de oficinas e palestras coordenados pelo NECT (Núcleo de Estudos e Pesquisas sobre Educação, Comunicação e Tecnologia).

Professores David Tierro, José Miguel e Douglas Garcia

Professores David Tierro, Elizeu Assis e Alecir Carvalho

Dia 7 de novembro, o Centro de Comunicações da FaE (CENC) prestou homenagem a três consagradas professoras da FaE/UEMG, agora aposentadas, em um evento denominado Café Colonial. Elivane Amaral, Vicentina Cornélio e Vanda Terezinha reagiram com emoção aos discursos do professor Tomás Nogueira, da diretora da FaE/UEMG Dolores Amorim e da vice reitora da UEMG Santuza Abras.

Elivane Amaral, Vicentina Cornélio, Vanda Terezinha

Professor Tomás Nogueira
Dolores Amorim, diretora da FaE/UEMG
Santuza Abras, Vice Reitora da UEMG
Professores Fabrício, Elivane e Alecir
Dolores Amorim e Vanda Terezinha


Anúncios

Paraíba 29 agradece pelo seu comentário...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s